terça-feira, 17 de abril de 2012

Entrevista QMagazine

O vídeo oficial de Broken Angel foi lançado ontem e junto com ele, a QMagazine publicou em seu site uma entrevista exclusiva com os meninos. 
O Fabian postou no facebook que acompanha a revista há algum tempo, e que vários artistas que ele admira já foram publicados na QMagazine.
Confira abaixo a entrevista:
Conheça Boyce Avenue a banda DIY com mais de 500 milhões de vistos no Youtube – Lançamento do vídeo de Broken Angel
*DIY = Do It Yourself/ faça você mesmo
Canais com mais de 500 milhões de vistos no Youtube são associados a bandas super famosas ou gravações caseiras de gatos que parecem dizer “old long Johnson.” No entanto a banda Boyce Avenue - dos irmãos Alejandro (voz/violão), Fabian (baixo/voz) e Daniel Manzano (baixo/percussão) – acumularam esse grande número de vistos no YouTube, desde a primeira vez que disponibilizaram online sua música em 2007.Com um álbum recentemente lançado, intitulado All We Have Left, enquanto lançamos mundialmente o vídeo do single Broken Angel, perguntamos aos irmãos como eles explicam como estão convertendo a atenção do mundo online para o mundo real.
Vocês tem alcançado grande sucesso no YouTube, qual o seu segredo para ser notado?
Daniel Manzano: “Trabalho duro. Paixão. Consistência. Nós amamos música e amamos o que fazemos, acho que isso transparece. Pessoas percebem quando alguma coisa vem de dentro, quando é profundo e honesto. O vídeos que se destacam no YouTube são engraçados as vezes, mais depois ninguém mais volta a acessa-los. Nós estamos tranquilos, mesmo não tendo um vídeo viral de 100 milhões de vistos. Nós preferimos ser a banda com cinco milhões de vistos em cada vídeo que fazemos. Isso significa que as pessoas estão voltando para assistir. Significa que nós fizemos um monte de amigos e não conhecidos. “Queremos fazer de cada vídeo o melhor que já fizemos.”

Você se sente sob pressão para acumular a contagem de vistos em outros vídeos?
Fabian:
“Não necessariamente. Foi-se o tempo quando nos pensávamos que um single de sucesso era a solução. Tivemos alguns problemas quando assinamos contrato com a gravadora Universal Republic, e desde quando voltamos a ser independentes as coisas melhoraram em todos os aspectos. Agora, por enquanto, o nosso foco é continuar a produzir boas músicas diretamente para os nossos fãs e a fazer shows cada vez maiores. Estamos confiantes que algum dia a radio a TV vão fazer parte da nossa história. Não ficamos mais estressados sobre esse assunto. Nossos fãs tem sido pacientes com o fato de estarmos fazendo tudo de maneira independente e do nosso jeito.”

Quando você faz um vídeo, onde prevê que ele seja visto?
Alejandro:
“Online, sempre online. A internet é o melhor lugar onde conseguimos nós conectar e interagir com nossos fãs. É direta. Os comentários estão lá. O retorno é direto, e nós adoramos.” 

Como postar vídeos online mudou o jogo para vocês ou outros que agem como vocês?
Daniel:
“Parece que foi ontem que postamos nosso primeiro vídeo no YouTube e desde então viramos manchete e fizemos shows em diversas partes do mundo. É uma loucura. Eu costumava estudar direito “acorrentado” a uma mesa! Agora faço o que gosto. E acontece o mesmo com os meus irmãos. Acredito que encontraríamos outras maneiras de divulgar o nosso trabalho, mesmo sem o YouTube, Facebook e outras redes sociais, mais no nosso caso tem sido ótimo assim. Estamos fazendo tudo por nossa conta, sem gravadora, e basicamente sem nos apresentar em TV ou tocar nas rádios. Tudo que fazemos é alimentado através do boca a boca. É uma época muito boa para ser uma banda independente.” 

Conte um pouco sobre o vídeo de Broken Angel. O que inspirou o vídeo e quem foi o diretor?
Alejandro:
“Desde o inicio sabíamos que esse seria um vídeo importante, de uma grande música. Reunimos nossas ideias com o nosso amigo e diretor Mark Staubach, com quem já trabalhamos diversas vezes e já fez vídeos para Bruno Mars, Travis McCoy e Lupe Fiasco. Escrevi Broken Angel, a música é sobre uma das minhas melhores amigas. Ela tinha uma relação tensa com seu pai, mais foi maravilhoso vê-la transformar todas essas experiências negativas em algo positivo, ajudando outros que passaram pela mesma situação. Através de Broken Angel esperamos inspirar e capacitar as pessoas a fazerem o mesmo.”


Se preferir leia a entrevista em inglês, clicando aqui


Cecília Cardeal

Nos Sigam / Follow Us: @BoyceAvenueBR

3 comentários:

  1. Eu amo TODAS as entrevistas desses meninos! *-*

    ResponderExcluir
  2. Wow what a post i am so impressed here can you more share here i will be back to you as soon as possible and also i have some information for you just click here
    Audio Mixer. I think you will inspired here.
    Thanks for sharing...



    Audio Mixer

    ResponderExcluir

Por favor, sejam educados nos comentários. É tudo que pedimos. Obrigada.